Valor da vida!

Abra a janela de seu coração e veja a beleza que se esconde dentro dele!

Um lindo dia de sol começa a raiar nesta bela cidade … luzes apagadas, pessoas dormindo e um silêncio nas ruas que habitualmente não “vemos”. O dia começa bem cedo aqui depois que o Lucas nasceu… tenho tido o privilégio de ver o sol nascer, com suas cores sendo espelhadas neste lindo mar que temos na nossa frente! Maravilhas da natureza antes não vistas por estar “ocupada” demais com o sono que não conseguia me deixar despertar.

Tenho pensado muito nos últimos tempos sobre os maravilhosos detalhes da vida que perdemos, que não valorizamos ou que simplesmente deixamos passar em branco por estarmos querendo sempre mais e mais, ou por não termos “tempo” para nos deixar tocar por esta imensidão de cores, sabores, aromas que  a vida nos dá! Nos ocupamos muitas vezes com coisas não necessárias , que não nos acrescentam em nada, que nos fazem perder “tempo” de vida, tempo de convivência, tempo de aproveitar!

Depois que nosso pequeno Lucas Takeo veio ao mundo, me deparei com uma rotina cheia de coisas. Cuidar dele, cuidar da casa, cuidar do meu trabalho( sim estou trabalhando desde que Lucas completou 2 meses), cuidar do diabetes. Dias cheios de atividades que só acabam muito tarde da noite… uma rotina que poderia ser desculpa para  não ter tempo para coisas e pessoas significativas em minha vida.

Mas tem acontecido exatamente o contrário, tenho aprendido a aproveitar cada espaço de tempo que possuo, cada minuto de vida, cada momento agradável ou não do meu dia! Tenho visto o sol nascer e aproveitado para regar minhas plantas, caminhar no sol com o pequeno, tomar um café bem preparado ( amo café da manhã)… e em meio as deliciosas coisas da vida, tenho realizado minhas “tarefas” diárias e cuidado do meu corpo.

Não é fácil ser mãe, esposa, dona-de-casa, profissional e ter diabetes. E não falo isso porque a “doença” em si é meu problema maior, mas porque como diabética tipo 1 preciso ter os cuidados de me alimentar em horários fixos ( ou o mais próximo deles, pois injeto insulina que vai agindo sem meu controle), de fazer exercícios físicos, de ter uma alimentação balanceada ( e portanto fazer estas refeições, o que exige um certo tempo), de medir a glicemia pelo menos 6 vezes ao dia e não esquecer no meio das tarefas todas, de injetar insulina.  Algumas pessoas tem me enviado email pedindo para contar desta rotina de cuidados pós gestação ( e aí tem um post no blog sobre isso), mas escreverei sobre isso em outra oportunidade ( e entenda-se por oportunidade, o Lucas estar dormindo, rsrs).

Mas sabe, tenho aprendido a viver melhor após o nascimento do Lucas, e isso inclui cuidar melhor do diabetes, visto que me sentindo melhor, a glicemia se mantém sem tantas alterações ( também tema para outro post – as emoções e o diabetes).

Aprendi nestes 4 meses que a única coisa que necessitamos verdadeiramente na vida, é ter o coração disposto a amar. A mente aberta ao novo e a possibilidade de tirar o melhor de situações simples. Entendi que a qualidade de tempo que eu passo com as pessoas é mais importante do que a quantidade dele… porque de nada adianta passar 5 horas com um amigo, quando seu coração e alma não estão ali presentes! Aprendi a valorizar pessoas que realmente se importam comigo, não por interesse, mas por amor, amizade, carinho… e a fazer uma “limpeza” naquelas pessoas que nada tem a disponibilizar.

Entendi que dinheiro nenhum no mundo compra minha tranquilidade e que status é para mostrar aos outros o quanto se tem a ilusão de ser melhor, portanto, quem verdadeiramente TEM alguma coisa, não precisa mostrar ou se vangloriar, simplesmente tem e isso basta!

Aprendi que o respeito é a chave fundamental da vida, pois é a partir dele que podemos ser pessoas melhores, em todos os aspectos da nossa vida… se aprendemos a respeitar a nós mesmos e aos demais, deixamos atitudes egoístas se tornarem verdadeiro altruísmo, e isso sim constrói relações melhores e torna nosso dia-a-dia mais iluminado.

Aprendi tanto com alguém tão pequeno, e que tenho a honra de chamar de filho! Tenho muito mais para escrever, pois meu coração transborda de luz e agradecimento por tudo aquilo que tenho podido experimentar na minha nova vida! Mas me contenho em ficar por aqui com este post, pois quero aproveitar o tempo lindo que temos hoje lá fora…

Lembre-se sempre:  A beleza e o valor verdadeiro das coisas não está no preço que elas possuem, nem no objeto que elas são, seu valor e beleza encontra-se nos olhos de quem  vê… pois se os olhos são capazes de reconhecer a beleza e valor da vida, quer dizer que o coração deste alguém que vê está transbordando destes verdadeiros sentimentos.

Um beijo grande em cada um que aqui passa, e até breve!

Anúncios

6 pensamentos sobre “Valor da vida!

  1. Amiga, que bela mensagem! Fico imensamente feliz em ver como você amadureceu e se tornou uma pessoa ainda mais linda, por dentro e por fora…A maternidade é realmente um divisor de águas na vida de uma mulher…Nosso modo de ver a vida muda consideravelmente. Nos tornamos pessoas menos egoístas, mais sensíveis e humanas. Obrigada por compartilhar tuas experiências de vida conosco! Um grande beijo, Grazi

  2. Olá Elisa! Sempre que posso dou uma passadinha por aqui para ler seu blog, pois as coisas que você escreve,fazem com que eu me sinta bem e tenha muito mais vontade de viver e me cuidar,afinal é bom saber que é possível ter uma vida normal com o diabetes e que eu não sou a única a acreditar que isso é possível. Obrigada por fazer com que o meu dia e o de outras pessoas que passam por aqui também seja doce e que podemos superar os desafios que a diabetes nos impõe.
    Bjo e td de bom pra ti!

    • Carol, fiquei emocionada com seu comentário. Obrigada pelas palavras de carinho, de respeito , de entendimento… com certeza é possível viver bem com o diabetes e verdadeiramente só sabe os obstáculos deste dia-a-dia quem tem este “amigo” em sua vida não é mesmo?!
      É o mínimo que posso fazer, compartilhar minhas experiências com quem aqui passa, na tentativa de que em dias nublados, as nuvens possam dar espaço ao sol! Um beijo grande !

  3. Amei a postagem e serviu pra me dar uma nova idéia sobre filhos e tempo! Eu as vezes chego tão cansada do trabalho e vejo que tenho toda a casa pra arrumar e comida pra fazer.. ou mesmo… eu me alimentar com o que vem pela frente… fico imaginando: já pensou depois ter tudo isso pra fazer e maiiis um filho?? bagunças de um filho, atenção de um filho, tempo para um filho, comida pra um filho.. qdo eu chegar com tanta fome de ser capaz de comer ele mesmo… kkk, tvz um sinal pra eu ir adaptando a minha rotina, me disciplinando e me organizando… ou puro egoísmo (preciso rever).

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s