SER

Descobrindo a pipoca! Simples, mas maravilhoso!

Olá! Faz muito tempo que não passo por aqui… mas hoje gostaria de compartilhar deste texto, de Rubem Alves. Tenho andado longe do mundo virtual em sua maior parte, pois tenho aprendido a viver a realidade com toda a intensidade e beleza que ela me dá! Ter nosso pequeno Lucas Takeo conosco, tem me ensinado muito mais do que eu poderia pensar , me ensinado a valorizar aquilo que verdadeiramente importa: a VIDA!

Muito mais do que ter ( o que o mundo virtual tanto nos mostra), o SER tem me tocado de forma intensa… neste meio fica também muito forte os cuidados com os pequenos detalhes… desde o cuidar do diabetes muito bem cuidado ( para poder desfrutar desta vida por muitos e muitos anos) até experienciar trabalhar menos mas viver muitíssimo mais!

Aprendi a aproveitar o sol ou a chuva para brincar, caminhar, fotografar… apreciar as belezas infindáveis desta natureza encantadora!  Enfim… um dia, escrevo mais sobre isso! Por agora, deixo este texto para vocês! Espero que gostem! Grande beijo para todas as pessoas que aqui passam, em especial, às doces pessoas que tenho conhecido através deste blog!

Educar

 

Educar é mostrar a vida a quem ainda não a viu. O educador diz: “Veja!”  – e, ao falar, aponta. O aluno olha na direção apontada e vê o que nunca viu. Seu mundo se expande. Ele fica mais rico interiormente..E, ficando mais rico interiormente, ele pode sentir mais alegria e dar mais alegria – que é a razão pela  qual vivemos.

Já li muitos livros sobre psicologia da educação, sociologia da educação, filosofia da educação – mas, por mais que me esforce, não consigo me lembrar de qualquer referência  à educação do olhar ou à importância do olhar na educação,em qualquer deles.

A primeira tarefa da educação é ensinar a ver…

É através dos olhos que as crianças tomam contato com a beleza e o fascínio do mundo…Os olhos têm de ser educados para que nossa alegria aumente.

A educação se divide em duas partes: educação das habilidades e educação das sensibilidades…Sem a educação das sensibilidades,todas as habilidades são tolas e sem sentido.

Os conhecimentos nos dão meios para viver. A sabedoria nos dá razões para viver.

Quero ensinar as crianças. Elas ainda têm olhos encantados. Seus olhos são dotados daquela qualidade que, para os gregos, era o início do pensamento:… a capacidade de se assombrar diante do banal. Para as crianças, tudo é espantoso: um ovo, uma minhoca, uma concha de caramujo, o vôo dos urubus, os pulos dos gafanhotos, uma pipa no céu, um pião na terra. Coisas que os eruditos não vêem.

Na escola eu aprendi complicadas classificações botânicas, taxonomias, nomes latinos – mas esqueci. Mas nenhum professor jamais chamou a minha atenção para a beleza de uma árvore… ou para o curioso das simetrias das folhas. Parece que, naquele tempo, as escolas estavam mais preocupadas em fazer com que os alunos decorassem palavras que com a realidade para a qual elas apontam.

As palavras só têm sentido se nos ajudam a ver o mundo melhor. Aprendemos palavras para melhorar os olhos.

Há muitas pessoas de visão perfeita que nada vêem… O ato de ver não é coisa natural. Precisa ser aprendido. A Caridade, a Compaixão, a Generosidade, e o Cuidado.

Quando a gente abre os olhos, abrem-se as janelas do corpo,… e o mundo aparece refletido dentro da gente.

Jardins bonitos há muitos, mas só traz alegria o jardim que nascer dentro da gente.

São as crianças que, sem falar, nos ensinam as razões para viver. Elas não têm saberes a transmitir. No entanto, elas sabem o essencial da vida.

Quem não muda sua maneira adulta de ver e sentir e não se torna como criança jamais será sábio.

Rubem Alves

Anúncios

10 pensamentos sobre “SER

  1. Elisa, tudo bem???

    A sua família é linda!!! ( A minha tb!!!! (rsrs)) Adoro o Rubem Alves ele é sempre verdadeiro… Tenho dois filhos maravilhosos, o João Pedro de 7 anos e o Julio Cesar de 1 ano. Descobrimos a um pouco mais de dois meses o diabetes do João, mas temos controlado bem o seu diabetes e estamos tento uma vida normal, com os devidos cuidados lógico. Mas adoro o seu blog e também amo a vida!!!! Se puder conheça o blog do João http://joaopedroeodiabetes.blogspot.com/

    Beijos
    Silvia

    • Silvia, que prazer ter você por aqui! Obrigada pelas visitas, pelo comentário, pelas palavras tão doces. Com certeza vou dar uma olhada no seu blog, e desejo muito que o pequeno João possa sempre ter pessoas como vocês para contar nos momentos que não for tão fácil! Beijos na família!

  2. Lindo texto Elisa, sábia escolha. Aqui também temos um bebezinho.E como é bom,não? A gente aprende muito com eles. Aprende o real sentido da vida. Dando importância ao que realmente merece importância, e nos tornamos mais contemplativos e reflexivos. Aproveite bem, pois passa voando. Minha doce pequena está com nove anos, e o pequeno mocinho da casa com onze meses. Crianças nos ensinam diariamente. Aproveite!!!!! Parabéns pela família!!! Beijos, Família Tipo 1.

    • Obrigada Simone…adicionei seu blog aqui nos links, ok?! Obrigada pelas palavras e um super beijo na família tipo 1! 🙂

  3. Lindo, Elisa! Tb gosto muito do Rubem Alves (vc já leu “receita pra comer queijo”?). Eu trabalho com cças e fico encantada com as perguntas acompanhadas daquele brilho de curiosidade no olhar. Um grande abraço.

    • Olá Susana! Obrigada pelo comentário e visita no blog! Ainda não li não ( vou procurar).
      Criança é tudo de bom né?! E nos ensinam tanto… feliz daquele que sabe aproveitar os ensinamentos destes pequenos sábios! Beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s