Diabetes Tipo 1 e Gravidez: uma nova história

Olá, quanto tempo longe deste blog. Peço desculpas pela falta, mas o tempo anda super corrido!

Então, nosso primeiro fruto de amor, Lucas Takeo já está com 2 anos e 4 meses. Sim, tudo isso! É um menino lindo e saudável, serelepe, esperto e muito, muito especial. Fruto da superação e da determinação de ter uma gestação saudável até o final, mesmo tendo Alto Risco.

E não é que decidimos nos aventurar mais uma vez por este caminho de cuidados mais intensos, preocupações e muitas alegrias?! Sim, estamos grávidos de 26 semanas ( 6 meses) de uma menina! Isabel Mayumi!!!

E por este motivo, estou aqui… para contar um pouco desta nova experiência em ser gestante de alto risco. 

Acho que a segunda gravidez me deixou muito mais tranquila que a primeira, afinal, agora já sei que tudo pode correr super bem, se estiver disposta a abrir mão de algumas coisas e me esforçar em outras.

Até o momento, as glicemias andaram bem controladas, e confesso, não cuidei da alimentação tanto quanto da primeira, porém, com muitos enjoos e crise de Hiperemese Gravídica, não foi tão difícil de conseguir, hehehe.

Parece que o cansaço é muito maior nesta segunda gestação, visto que tenho um pequeno em casa também, e que  a barriga já apareceu muito tempo antes do que na primeira.

Entramos numa fase de difícil controle, qualquer alimento, pode causar um grande descontrole glicêmico. As doses de insulina dobraram, e a alimentação ficou mais restrita…apesar de bater um desânimo em muitos momentos, sei que é por uma ótima causa.

Desta vez, tentaremos fazer um parto natural na água, acompanhados por doula e médico, no hospital. Se as glicemias estiverem bem controladas, podemos levar a gestação até as 40 semanas ( isso mesmo, controlando bem, podemos sim, DM1, ter parto no prazo final).

E sim, podemos ter parto natural, normal, o que for, não necessitando da cesária. Obviamente, se tudo estiver bem… se não estiver, também existe cesariana para nos ajudar, não é mesmo?!

Rapidinho hoje, escrevi apenas para deixar aqui registrado, a importância dos cuidados, do conhecimento de seu corpo, da aceitação do diabetes em nossas vidas. Só desta forma poderemos controlar esta doença ( e sim, é uma doença crônica) que nos traz tantas dificuldades quando não bem controlada. É possível ter uma vida NORMAL! É possível estar bem sim… por isso, meninas, mulheres, meninos e homens, cuidem-se! Vivam, curtam, andem, corram, dancem… a vida tem muito a nos oferecer, e não podemos desistir nas primeiras batalhas que nos são impostas, não é mesmo?! 

Aí estou eu, Diabética tipo 1 , insulino dependente, mãe de um filho saudável e gestante de outra bebê saudável! Vivendo, trabalhando, me cuidando e podendo transmitir para vocês esta alegria que me preenche, de saber que por mais dificultoso que seja, por mais trabalhoso que seja, a vitória, as alegrias e uma vida saudável, valem cada batalha do dia-a-dia!

Escreverei mais sobre esta segunda gestação, sobre o parto e tudo o mais! Espero que gostem e que ajude, a quem precisa! 🙂

Beijos de nós 4!

Image

Anúncios

4 pensamentos sobre “Diabetes Tipo 1 e Gravidez: uma nova história

  1. Uhulll bem vinda de volta!
    Esperamos ansiosas pela Isabel! e eu já tive o privilégio de ver essa barriguinha aí! hehehhe
    Que Deus esteja te acompanhando nesse período de cuidados!
    beijos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s